domingo, 29 de julho de 2018

Teorias da Conspiração Explicam as Diferenças na Versão Live Action de Mulan


O filme live action de Mulan está previsto para o ano de 2020.  Há uma grande expectativa em relação a ele, porque a heroína do filme de 1998 é muito popular e o filme deu muito lucro para a Disney.  No entanto, os fãs foram surpreendidos por várias notícias em relação ao possível roteiro e muita coisa já foi escrita, inclusive aqui, no Shoujo Café, sobre como estamos um tanto decepcionados com o rumo que o projeto parece tomar.

Para quem não sabe, Mulan não é criação da Disney.  Trata-se de mais uma das muitas versões do mito da donzela guerreira, isto é, a moça que se traveste de homem, engana seus companheiros de caserna, normalmente o fazendo em nome do pai, por causa dele, luta valorosamente, é reconhecida por seu valor.  Só que, ao ser descoberta, não raro ferida de morte, acaba sucumbindo.  A morte pode ser simbólica, claro, o casamento, a conformação à ordem patriarcal é uma espécie de morte.  


De qualquer forma, na lenda chinesa apareceu por escrito pela primeira vez no século VI d.C., mas remontaria 1200 e 1000 anos antes.  Uma moça, Mulan, se oferece para lutar no Exército do imperador no lugar do pai muito idoso.  Ninguém sabe que ela é uma mulher.  Ela luta por 12 anos incógnita, torna-se uma heroína.  É descoberta.  Recusa as honras e volta para sua casa e as atividades femininas.  Em algumas versões, Mulan tem um irmão criança.  Na maioria absoluta das versões, ela não é punida com a morte, como circula em um vídeo por aí que essa seria “a verdadeira Mulan que a Disney escondeu”.  

Percebam que só há três personagens que aparecem na lenda e no desenho da Disney: Mulan, seu pai e o imperador.  A ameaça, a depender da versão, pode variar.  Daí, eu sigo um perfil chamado Nerd Asian, que, aliás, me situou das primeiras controvérsias sobre o filme, que veio com uma teoria do motivo da tantas mudanças em Mulan.  Resumindo, nenhuma das personagens criadas pela Disney para o original estará no novo filme e mesmo Mulan terá muito de sua personalidade alterada.  Segue o texto traduzido do Nerd Asian com as imagens que ele usou, o original pode ser lido aqui.

“INVESTIGAÇÃO: É possível que a Disney não possua os direitos da animação Mulan, incluindo as músicas icônicas e os personagens originais? Nós fizemos algumas investigações e descobrimos que Mulan animado foi o último filme da Disney a começar sua produção sob a supervisão de Jeffrey Katzenberg- (1/4)
Katzenberg supervisionou clássicos como A Bela e a Fera, Aladdin e O Rei Leão. Mas Katzenberg foi forçado a demitir-se da Disney em 1994, o que levou a um grande processo judicial em 1997. Seus filmes mais recentes [O Corcunda de Notre Dame e Hércules] tinham tido um desempenho ruim para a Disney naquele momento, mas Mulan ainda nem tinha sido lançado - (2/4)
 
O processo Katzenberg vs. Disney continuou por 19 meses, durante os quais ele se tornou um dos fundadores da DreamWorks SKG. Katzenberg argumentou que ele não tinha sido totalmente pago pelos clássicos da Disney que supervisionava e buscou 2% dos lucros contínuos desses projetos (LA Times, 1997). (3/4)
O processo prolongou porque a Disney não queria desistir de 2% de Aladdin, A Bela e a Fera e O Rei Leão. Esses filmes já eram clássicos em 1997 e provaram ser lucrativos também na Broadway. O Corcunda e Hércules não renderam o que se esperava deles e Mulan ainda não fora lançado- (3.5 / 4)
Katzenberg vs. Disney se concluiu em 1997, mas os termos desse acordo eram confidenciais. A Disney acabou desistindo de 2% de Aladdin, A Bela e a Fera e O Rei Leão? Duvidoso. Essas adaptações para live action tem permanecido fiéis aos clássicos animados originais. (3.6 / 4)
Mais provável, é que a Disney tenha desistido de uma porcentagem muito maior dos outros filmes de Katzenberg, incluindo o inédito Mulan. Agora eles não podem usar QUALQUER PERSONAGEM ORIGINAL OU MÚSICA do clássico Mulan sem perder dinheiro. Mulan e o Imperador são livres para serem usados, porque eles são pessoas reais. Estamos ganhando o Mulan FALSIFICADO. (4/4)"
Não sou muito adepta de teorias da conspiração, mas esta me parece muito viável.  Como Katzenberg vinha de dois prejuízos, para os padrões Disney, claro, a empresa apostou que Mulan poderia ser, também, uma furada, daí, cedeu muito do filme na negociação.  Resultado?  se fizer uma versão da animação Mulan, que é o que gente como eu gostaria de assistir, teria que ceder muito dos seus lucros.  É esperar pelo primeiro trailer e, provavelmente, se decepcionar.

GOSTOU?

0 pessoas comentaram:

Related Posts with Thumbnails