terça-feira, 18 de setembro de 2018

Pesquisa aponta que os japoneses gostariam de viver menos


Um dos aspectos que destacam o Japão no mundo é a longevidade de seus cidadãos.  O país tem altíssima expectativa de vida, mas uma pesquisa recente apontou que muitos japoneses gostariam de viver menos.  Segundo o Sora News, dia 17 foi feriado no país, o chamado Dia do Respeito aos Idosos  (敬老の日), a data é comemorada desde 1947 na terceira segunda-feira de setembro.  Uma empresa de seguros, a MetLife fez uma pesquisa com 14,100 entre 20 e 79 anos.  A pergunta principal era “Até qual idade você quer viver?”Sora News publicou os resultados da pesquisa.  

Entre os homens jovens de 20 e 29 anos o desejo seria viver até os 78,1 anos.  Entre as mulheres da mesma idade, 76,9 anos.  Isso da quase dez anos menos que a media no caso feminino.  Pelos dados de 2017, os homens japoneses vivem em média 81.09 anos, já as japonesas tem uma expectativa de vida de 87.26  anos.   Isso não quer dizer que os jovens não querem viver uma longa vida, especialmente, quando a pergunta é simplesmente “Você gostaria de ter uma vida longa?”.  O grupo mais pessimista é o entre 50-59 anos no qual 47,7% responda que não deseja uma vida longa.   Foi a porcentagem mais pessimista, a média geral foi de 41,2%.  Entre os mais velhos, as pessoas entre 60-79 anos, somente 38% não deseja uma longa vida, ou seja, os velhinhos parecem ver mais razão em uma vida longa do que qualquer coisa.  

O que a gente pode comentar?  Os mais jovens não querem se tornar velhos.  Os na casa dos cinquenta, gente que tem que se preocupar tanto com os mais jovens, quanto com os mais velhos, se mostram mais pessimistas, acho que é um momento bem tenso da vida mesmo, estou quase lá.  Já os mais velhos, bem, eles já viveram muito e não se importam em viver mais.  Como seria uma pesquisa desta por aqui?

GOSTOU?

0 pessoas comentaram:

Related Posts with Thumbnails