quarta-feira, 17 de outubro de 2018

Idol de 16 anos se Suicida. Motivo? Regime Análogo à Escravidão.


Esta semana, vários sites estão replicando a notícia de que uma idol de 16 anos, Honoka Oomoto, membro do grupo Enoha Girls, cometeu suicídio.  Segundo o site Otaku PT, o primeiro a noticiar em português, acredito, a menina trabalhava até 12 horas por dia, 20 dias por mês, recebendo 300 dólares.  As matérias dos jornais japoneses Asahi e Japan Times, a agenda estava atrapalhando os estudos e provocando esgotamento físico e mental da jovem.  Ao falar em deixar o grupo, era ameaçada com uma multa de 900 mil dólares. Ao que parece, a família era de classe média baixa, do interior, e os jornais japoneses falam em assédios e outras coisas mais que ao qual o empresário submetia a jovem.  Ela terminou se matando.

À princípio, como os jornais japoneses não falavam em remuneração, eu coloquei em questão o valor da remuneração.  Imagina!  No Japão, ganhar 300 dólares!  Eu estava errada e meu marido foi catar artigos e informações sobre a remuneração das idols iniciantes e encontramos remunerações ainda piores.  Uma idol famosa, Erina Kamiya, revelou que em início de carreira, chegou a receber 89 dólares por mês... bem no início, era pagar para trabalhar!


escrevi sobre a forma absurda, e não falo somente em machismo (*1-2*), como tratam essas meninas idols, porque são isso mesmo, algumas começam crianças, mas não imaginava que chegava-se aos níveis de quase escravidão, porque para uma família comum, ter que pagar multas absurdas como essas, seja isso real, ou chantagem, o que é?  Sei que coisas absurdas acontecem no mundo das celebridades e pessoas fazem coisas difíceis de imaginar par achegarem à fama, mas os sacrifícios impostos a essas meninas são criminosos, sob qualquer ponto de vista.  


Enfim, terrível esta notícia.  Espero que a família consiga alguma compensação, apesar de não trazer de volta a moça morta, e que a coisa possa escalar para um escândalo que leve os japoneses a reverem esse sistema absurdo.  É o mínimo que eu posso dizer.  O mínimo. É o sistema todo, que super-explora adolescentes e crianças, que deve ser condenado, não uma única agência.  Terão coragem de fazer alguma coisa?

GOSTOU?
Related Posts with Thumbnails