sexta-feira, 30 de novembro de 2018

Júlia e o Gatinho Bailarino

A nova fixação da Júlia, minha menina de 5 anos, são os gatinhos da série Lost Kitties da Hasbro.  Como vem acontecendo com muitos dos brinquedos lançados recentemente, boa parte dos brinquedos que ela gosta vem em caixas surpresas.  Daí, como com figurinhas, temos muitas repetições que doem no meu bolso.  Se quiserem trocar gatinhos, é só fazer contato, enfim, mas vamos lá!

Veio um gatinho que era visivelmente uma gatinha, com todas as marcas de gênero, com fru-fru e tudo mais. Uma bailarina, portanto. E, no site, fiquei sabendo que se chama Gertrude.  OK, então.

"Você tirou uma gatinha bailarina! Que fofa!" 
Ela olhou, olhou... "Mas eu quero que seja um menino bailarino." 
"Filha, mas eu acho que é uma menina, olha bem. Meninos bailarinos geralmente não usam saia" 
"Tudo bem, mas vai ser menino. Ele gosta de usar saia." 

E fim de papo. Seguimos subvertendo os gêneros. Não serei eu a castrar ninguém, muito menos o gato bailarino que é tão fofo. [*Segundo uma amiga, como o gato é azul dita a "ideologia de gênero" que ele é menino e ponto final.  Os país é que fizeram a confusão de colocar o nome de Gertrude.  Chamem o MP felino e o conselho tutelar veterinário.*]

Dia desses, aliás, ela me deu uma longa explicação sobre a dublagem da Patrulha Canina, fazia tempo que ela não falava dessa série, e explicou como querem enganar as crianças de que as meninas (*Marshall e Zuma*) são meninos e, por isso, mudaram as vozes. Lembrou-se até do único caso em que houve um erro de verdade, quando dublaram Chase com voz "de menina".  Imagino se este post singelo, não irá virar o segundo ou terceiro post mais visitado de todos os tempos. O povo que acredita na "ideologia de gênero" deve ficar todo ouriçadinho.  Vamos esperar e ver.  😉

GOSTOU?

0 pessoas comentaram:

Related Posts with Thumbnails