sexta-feira, 30 de novembro de 2018

Parece que teremos vampiros na Revolução Francesa em uma nova série da Netflix


Segundo o site italiano Every Eye, a Netflix encomendou uma série de TV ambientada durante a Revolução Francesa.  Criada por Aurélien Molas e de autoria do mesmo Molas com Gaia Guasti, a série, ainda sem título, será composta por oito episódios de 50 minutos cada e será produzida pelaJohn Doe Productions Aurélien Molas.

A sinopse é a seguinte: "1787. França. Enquanto investiga uma série de assassinatos misteriosos, Joseph Guillotin, o futuro inventor da guilhotina, descobre um vírus desconhecido, o "Sangue Azul".  A doença se espalha rapidamente entre a aristocracia francesa. empurrando-os para matar pessoas comuns e logo levando a uma rebelião... E se a Revolução Francesa não tivesse ocorrido no mundo em que nos foi dito?"

OPA!! OPA!! OPA!!  Em 2008, eu escrevi um post intitulado "Moonlight: Esqueça Tudo o Que Aprendeu Sobre Revolução Francesa".  Simplesmente, nessa série de vampiros chamada Moonlight, e que teve vida curta, há uma revelação de que a nobreza francesa era, na verdade, formada por uma casta de vampiros e que a Revolução Francesa, na verdade, era o Holocausto dos "sangue azuis".  Como, na série, vampiros precisam ser decapitados, inventa-se o quê?  A guilhotina.  Foi um dos melhores episódios do seriado e foi genial.  Quando eu dava aula de Revolução Francesa, sempre brincava com meus alunos e alunas que iria revelar "a verdade" sobre a Revolução e contava essa história do seriado. 😁

Cenas da nobreza vampiresca de Moonlight.
Percebem a semelhança pelo menos nesse rascunho inicial?  Tudo bem, que eu adoraria ver essa versão da Revolução Francesa transformada em seriado, PORÉM acho que a história não foi criada no vácuo e, se foi, tem essa antecessora para provar que nada há de genial nela.

Os criadores da série, Aurélien Molas e François Lardenois explicaram: "Quando discutimos a idéia de revisitar a história da França através de uma série épica e verdadeiramente de tirar o fôlego, a primeira pergunta que nos fizemos foi: quem iria nos apoiar? Resposta curta - Apenas Netflix para uma revolução como essa!"  É esperar para ver, mas alguém já teve a mesma ideia antes.

GOSTOU?

0 pessoas comentaram:

Related Posts with Thumbnails