sexta-feira, 30 de novembro de 2018

Mangás Femininos dominam o prêmio para mangás eletrônicos da editora Hakusensha


Não sei desde quando a Hakusensha oferece um prêmio para os mangás digitais mais vendidos, mas o fato é que o Comic Natalie publicou os vencedores do Hakusensha Denshi Shoseki Taishou no Saiyuushuu-shou (白泉社電子書籍大賞の最優秀賞).  Eles elencaram os dez mais vendidos 01 de julho de 2017 e 30 de junho de 2018.  Basicamente, é um prêmio que mede vendagem, nbão qualidade.  O grande vencedor foi Namaiki Zakari。(なまいきざかり。) de  Mitsubachi Miyuki, a série começou a ser publicada em novembro de 2013 e tem 14 volumes.  Enfim, o top ten, a partir do segundo colocado, é o seguinte:

2. Akatsuki no Yona (暁のヨナ) de Kusanagi Mizuho - shoujo.
3. Yajuu wa Hageshiku Ubau  (野獣は激しく奪う) de Kyoko Mizutani - josei.
4. Ookami Heika no Hanayome (狼陛下の花嫁) de Mato Kauta - shoujo. 
5. Sangatusu no Lion (3月のライオン) de Chika Umino - seinen.
6.  Kuro Hakushaku wa Hoshi o Mederu  (黒伯爵は星を愛でる) de Oto Hisamu - shoujo.
7. Berserk (ベルセルク) de Kentaru Miura - seinen.
8. Skip Beat! (スキップ・ビート!) de Yoshiki Nakamura - shoujo.
9. Kono Ai Wa, Itan(この愛は、異端。) de Moriyama Ena - seinen.
10. Gakuen Babysitters (学園ベビーシッターズ) de Hari Tokeino - shoujo. 

Vale ressaltar que boa parte dos mangás da Hakusensha são shoujo, ou josei, e, como é um prêmio interno, não é tanta surpresa o resultado.  Ainda que, e basta olhar os posts na tag #internet, vocês vão ver que as mulheres tem cada vez mais preferido ler em meio digital, no Japão.

GOSTOU?

0 pessoas comentaram:

Related Posts with Thumbnails