domingo, 24 de fevereiro de 2019

Dia de Oscar: Quem levou o Prêmio do Sindicato dos Figurinistas, afinal?


Acabei perdendo a data, o Costume Designers Guild Awards (CDGA) foi entregue no dia 20 deste mês.  Normalmente, quem vence o CDGA, leva o Oscar de melhor figurino, só que o prêmio dos figurinistas tem três premiações: Contemporâneo, de Época e Fantasia.  Este ano, levaram os prêmios: Podres de Ricos (Contemporâneo), A Favorita (de Época) e Pantera Negra (Fantasia).  E ainda rolou um prêmio especial para Glenn Close, que eu torço para que leve Melhor Atriz este ano por mérito e por desencargo de consciência da Academia.

Podres de Ricos (Crazy Rich Asians) foi o filme hollywoodiano
 mais caro estreado por elenco de origem asiática.
Pois bem, o Oscar não costuma premiar filmes contemporâneos, na verdade, costumam ganhar na categoria filmes de época. Como Podres de Ricos nem está indicado, fica entre A Favorita e Pantera Negra esse ano, não deve falhar.  O Frock Flicks, site que eu amo e é especializado em figurino de filmes históricos, listou as exceções.  Vejam só:
  • Viagens com Minha Tia (1972) de Anthony Powell (*acho que nunca tinha ouvido falar desse filme da Maggie Smith dirigido pelo George Cukor.  Que vergonha!*)
  • Guerra nas Estrelas (1977) de John Mollo
  • As Aventuras de Priscilla, a Rainha do Deserto (1994) de Lizzy Gardiner e Tim Chappel (*Contemporâneo, mas não ganhou por causa disso, a gente sabe.*)
  • O Senhor dos Anéis: O Retorno do Rei (2003) de Ngila Dickson e Richard Taylor
  • Alice no País das Maravilhas (2010) de Colleen Atwood
  • O Grande Hotel Budapeste (2014) de Milena Canonero (*Fantasia?  Enquadraria como de época*)
  • Mad Max: A Estrada da Fúria (2015) de Jenny Beavan (*uma das melhores resenhas que escrevi na vida foi a desse filme*)
  • Animais Fantásticos e Onde Habitam (2016) de Colleen Atwood
Sandy Powell está duplamente indicada.
Enfim, se for pelo costume, A Favorita leva o prêmio.  Sandy Powell está indicada duas vezes, é dela o figurino de O Retorno de Mary Poppins, também.  E ela é uma grande vencedora.  Mas quem leu minha resenha sabe que não me encantei com A Favorita e que seu figurino em preto & branco não me encheu os olhos.  O de Mary Poppins, só pelo trailer, me pareceu bem mais impressionante.  A Balada de Buster Scruggs não vi, mas não é favorito.  O filme sobre Mary da Escócia (Mary Queen of Scots), já foi detonado pelo pessoal do Frock Flicks, figurino de época não precisa ser fiel historicamente, ainda que elas discordem, mas parece que deslizaram feio, e eu estou esperando que como filme seja só para passar raiva mesmo, mas assistirei no cinema, quando estrear.  Dever de casa, por assim dizer.  E temos Pantera Negra, quem eu desejo que vença e as moças do Frock Flicks, também.  

Ruth E. Carter fez um minucioso trabalho de pesquisa.
Se você lê inglês, dê uma olhada no Frock Flicks, elas discutem os detalhes do figurino do filme da Marvel, como a inspiração em várias tribos e nações africanas se materializou em uma das coisas mais legais que eu já vi em tela.  Se houver justiça, Pantera Negra leva esse prêmio por absoluto merecimento.  Ruth E. Carter merece muito levar essa estatueta.  Muito MESMOAqui, vocês podem dar uma olhada em fotos dos figurinos indicados e os desenhos utilizados para a produção das roupas.

GOSTOU?

0 pessoas comentaram:

Related Posts with Thumbnails