domingo, 17 de fevereiro de 2019

Globo planeja minissérie sobre o "Anjo de Hamburgo"


Deveria estar em outro planeta, porque não sabia que a Globo estava planejando uma megaprodução, uma minissérie em 10 capítulos, sobre Aracy de Carvalho, depois esposa de Guimarães Rosa, conhecida como "Anjo de Hamburgo".  Como funcionária do consulado brasileiro em Hamburgo, Aracy foi responsável por conseguir a liberação de vistos para que muitos judeus pudessem vir para o Brasil, escapando dos horrores do Holocausto.  Tudo era feito de forma ilegal e com grande risco para ela.  Em 1982, ela foi agraciada pelo governo de Israel com o título de "justa entre as nações".  Junto com o diplomata Luiz Martins de Souza Dantas, que fez algo semelhante em Paris, são os únicos dois brasileiros a receberem a homenagem.

Aracy nasceu no Paraná, em 1908, filha de pai português e mãe alemã.  Casou-se com um alemão e, depois de separada, em 1934, foi morar em Hamburgo com o filho do casal, Eduardo.  Fluente em várias línguas (português, inglês, francês e alemão), ela conseguiu emprego no consulado brasileiro.  Atenta às ações do governo nazista, ela decidiu não se omitir e salvou vários judeus.  "As ações de Aracy incluíam obter, com a ajuda de um funcionário da polícia de Hamburgo, passaportes sem a identificação da condição de judeus para facilitar a fuga. Aracy, segundo relatos, também enfiava os vistos em meio ao calhamaço de papéis que levava para despachar com o cônsul-geral, que acabava assinando-os sem ler." (Fonte: Morashá)  

Ela era muito bonita.
Só para quem não entendeu ainda essa parte sórdida da História, o governo Getúlio Vargas mantinha, como tantos outros governos da época, leis antissemitas que dificultavam a entrada de judeus no país.  Não eram as únicas leis racistas de imigração, mas em um momento como aquele, devem ter feito diferença na vida e na morte de muita gente.

Em 1938, Guimarães Rosa chegou a Hamburgo, nomeado cônsul-adjunto. Terminou descobrindo as atividades de Aracy, mas não a denunciou. Casaram-se em 1940.  Quando o Brasil declara guerra à Alemanha, em 1942, ficaram sob custódia do governo alemão por 4 meses, sendo trocados por diplomatas daquele país. Passaram pelo México, onde casaram, porque não havia divórcio em nosso país.  Quem se separava, não podia casar novamente.  Retornaram ao Brasil e foram morar no Rio de Janeiro.   Aracy enviuvou no ano de 1967 e não se casou novamente. Morreu no dia 28 de fevereiro de 2011 em São Paulo, de causas naturais, aos 102 anos. Foi sepultada no Mausoléu da Academia Brasileira de Letras, ao lado de seu marido, no Cemitério de São João Batista, no Rio de Janeiro.
Aracy, Guimarães Rosa e seus gatinhos.
Segundo as fontes que achei (Terra, O Dia), a Globo optou por um elenco que fosse, no mínimo, bilíngue.  Por conta disso, caberá à Sophie Charlotte interpretar Aracy.  Já Mateus Solano será Guimarães Rosa.  Outros possíveis nomes no elenco são Fernanda Montenegro, Jayme Matarazzo, Reynaldo Gianecchini e Tony Ramos.  A direção deve ficar com Jayme Monjardim.  Algo importante, Anjo de Hamburgo será uma co-produção com a Sony que tem como objetivo abrir as portas para que a minissérie de dez capítulos seja divulgada no exterior.

O planejamento é que ela seja exibida primeiro na TV aberta e, posteriormente, em uma versão estendida em streaming.  Promissor, eu diria.  Só fico com o pé atrás, porque o responsável pelo texto é Mário Teixeira.  Ele não fez um bom trabalho em O Tempo não Para.  Seu texto pode ser gostosinho em alguns momentos, mas o nível de consciência social e histórica dele são rasinhos, rasinhos.  Fora, claro, que o que ainda segurou a novela das 19h foi o talento de seu elenco.  Não, eu não confio em Mário Teixeira, mas eu torço muito para que dê tudo certo.

ATUALIZAÇÃO: A amiga Sett postou um link que comenta a recusa do primeiro roteiro escrito por Mário Teixeira pela Sony.  Veja como meus temores são bem fundados?  Por conta desses atraso, a série só vem em 2020.  Eu mudaria logo o autor.  Tem gente tão boa, ou melhor, para escrever esse roteiro.

GOSTOU?

1 pessoas comentaram:

E pelo jeito como você escreveu o problema pode estar no escritor. A Sony já esta dando puxão de orelha ( https://www.ocanal.com.br/series/sony-reprovou-roteiro-de-serie-em-parceria-com-a-globo-autor-vai-reescrever/ ). Espero que dê certo porque o Brasil precisa cada vez mais saber sua historia.

Related Posts with Thumbnails