quinta-feira, 3 de outubro de 2019

Kazuko Nakamura: Morre uma das pioneiras da animação no Japão


Kazuko Nakamura, uma das primeiras mulheres da indústria de animação japonesa, morreu aos 86 anos no dia 3 de agosto.  A notícia de sua morte, no entanto, só foi divulgada pela família no dia 27 de setembro.

Nakamura nasceu na Mandchúria (China) ocupada pelos japoneses.  Aos 12 anos, com o fim da guerra, ela e sua família passam a morar em Yamaguchi, no Japão.  Kazuko Nakamura se formou em design na Universidade Joshibi, durante a graduação passou a se interessar por animação.  Como trabalhar somente com arte era difícil, ela se qualificou como professora.

Formada, ela conseguiu emprego na Toei Douga (agora, Toei Animation) em 1958 como "inbetween", profissional que cuida de frames intermediários nas animações.  Foi convidada por Tezuka para trabalhar em Astro Boy no estúdio Mushi Pro.  Em 1963, Nakamura decidiu abandonar a carreira para ser dona de casa em tempo integral.  Comportamento mais que esperado para sua geração, aliás.


Tezuka nunca se conformou com a aposentadoria precoce de Nakamura e insistiu para que ela voltasse, o que acabou acontecendo em 1965.  Ela trabalhou em Ribon no Kishi e Kimba, além de outros trabalhos de Tezuka.  Quando Osamu Tezuka deixou a Mushi Pro e fundou a Tezuka Productions, Nakamura foi com ele como animadora.  Mais tarde chegou a ser diretora de animação, inclusive.  Kazuko Nakamura permaneceu no estúdio até a morte de Tezuka em 1989, quando ela se aposentou de verdade.  Estimada pelos colegas, todos os testemunhos apontam o bom humor e gentileza de Nakamura. 



Conheço bastante coisas sobre as pioneiras do mangá, mas não sabia nada sobre as mulheres que participaram dos primórdios da animação no Japão.  Por isso, achei importante fazer esse post para que ele ficasse registrado no blog.  Até hoje, há um desequilíbrio grande entre homens e mulheres na animação japonesa, especialmente, nos postos de destaque e decisão e é bom mostrar que sempre houve mulheres na indústria, que elas não chegaram somente nos últimos vinte anos.  Também é legal ver que Tezuka insistiu para que ela continuasse na carreira, que valorizava o trabalho da colega.  Outras animadoras da geração de Kazuko Nakamura foram Reiko Okuyama e Akemi Ôta, esposa de Hayao Miyazaki.

GOSTOU?

0 pessoas comentaram:

Related Posts with Thumbnails