quarta-feira, 12 de fevereiro de 2020

Novo filme Emma terá nudez "gratuita" de Mr. Knightley


O The Telegraph trouxe uma matéria intitulada "Jane Austen fans delight at 'gratuitous' Mr Knightley naked scene in new Emma film" (Fãs de Jane Austen deliciam-se com a cena de nudez 'gratuita' de Sr. Knightley em novo filme de Emma).  Se você seguir a leitura do texto, verá que a ideia é essa, que seja gratuita mesmo, um fanservice que deve estar logo no início do filme para marcar que Mr. Knightley, ou melhor, seu intérprete Johnny Flynn, é sexy e Emma deve olhar para ele com mais atenção. 

Se você leu meus textos anteriores sobre essa nova adaptação, sabe que esse moço não me impressionou.  Houve uma foto, provavelmente do baile em que é necessário que Mr. Knightley diga a frase "Brother and Sister?  No, indeed!", que dá o tom à personagem mais do que qualquer bunda ou tórax que me ofereçam, em que até achei o sujeito ligeiramente interessante, mas, de resto, eu sempre espero que cenas de nudez tenham função na narrativa.  

A tal camisa molhada.
A de Colin Firth em Orgulho & Preconceito (1995) tem e nem é de nudez, vejam, bem, mas é como se fosse.  Aliás, há outra cena igualmente interessante que acontece bem antes, acredito que no capítulo #2, quando ele está tomando banho, que o povo esquece, mas eu, não.  Enfim, quando Mr. Darcy de camisa molhada quebrou a primitiva internet inglesa em 1995, ela ajudou a história a andar e tinha um sentido, não sei se essa de Mr. Knightley terá.  E, bem, meu Knightley favorito é Mark Strong, mas se quiserem uma versão mais sexy da personagem que não precisa se despir, procurem a com Jeremy Northam.  Parece que o pessoal esqueceu que não é preciso tirar a roupa, e, repito, Colin Firth nem se despiu quando era Mr. Darcy, para causar comoção.   Agora, se quiserem, posso passar o nome de uns filmes nos quais ele aparece pelado, inclusive nu fronta.

O artigo também fala da reconstituição de época e que o objetivo do filme é mostrar que a paleta de cores da Inglaterra Georgiana era quente e vibrante.  Pensando por esse ângulo, é interessante, porque as pessoas confundem esse período com a fase mais modorrenta e lúgubre da Era Vitoriana.  Espero que dê certo.
Paleta vibrante.
Agora, já no final, há uma fala de Sophie Reynolds, curadora do museu Jane Austen, dizendo que o ator é bem mais jovem que Mr. Knightley.  Sem querer ser chata, mas já sendo, a personagem tem 37 anos, 16 anos a mais que Emma.  Johnny Flynn tem 36 anos.  Diferença irrelevante, o problema é que querem fazer o sujeito parecer bem mais jovem e descolado ao estilo de nossos dias.  Espero, espero mesmo, que não traiam a ideia do original.  

Sim, é uma adaptação.  Sim, é para pegar uma nova audiência.  Agora, já me basta o trauma do Adoráveis Mulheres da Greta Gerwig.  E, não, eu não tenho problema em olhar para o Louis Garrel e, no caso dele, até tenho curiosidade em vê-lo despido.  É isso.  Aguardemos a estreia de Emma.  Aqui, no Brasil, deve demorar um tiquinho.  Acredito que somente em abril.  O trailer está aí embaixo.

GOSTOU?

2 pessoas comentaram:

"Agora, se quiserem, posso passar o nome de uns filmes nos quais ele aparece pelado, inclusive nu fronta."

Vim cobrar.


Agora que isso já foi resolvido, eu particularmente acho interessante as adaptações -mesmo que só os trailers sejam bons- porque acabam atraindo as pessoas para os livros. Eu mesma só adiantei a leitura de Mulherzinhas para ver o filme. Mas veremos o que guarda, embora seja raríssima uma adaptação que preste para quem já leu o original.

Verdade Nua (Where Truth Lies), o Colin Firth mostra a bunda. Não gosto desse filme, é bem pesado o negócio. A Hora do Porco ou O Advogado (The Advocate), no Brasil saiu com os dois nomes, aparece pelado, inclusive nu frontal, se bem me recordo. Tumbledown, de 1988, não vi, mas ele aparece pelado. Não lembro de Colin Firth pelado em A Single Man, mas refresquei minha memória. E há outros filmes, também.

Related Posts with Thumbnails