segunda-feira, 14 de setembro de 2020

Escola do Teatro Takarazuka abole regras que estimulavam o bullying entre as alunas

O Jornal Mainichi trouxe uma matéria curiosa, a escola do Takarazuka, o teatro musical feminino mais famoso do Japão, decidiu abolir regras não escritas que passaram a ser vistas como uma forma de bullying, ou incentivo a essa prática.  A nota foi emitida pela direção da escola no sábado passado informando que práticas como se curvar para um trem caso uma aluna veterana estivesse nele foram abolidas.  A graça é que a matéria ressalta que quando algumas atrizes aposentadas do Takarazuka falavam sobre isso, as pessoas acreditavam que era uma espécie de piada, que não era real.

Outras regras abolidas implicam em submeter às novas alunas à atividades que possam parecer castigos corporais, ou a obrigação de responder sempre "sim" ou "não" para uma veterana e manter sempre a mesma expressão facial ao falar com uma aluna em posição superior.  A diretora ressaltou que é possível preservar as boas tradições e a disciplina sem a necessidade de manter regras inadequadas aos nossos dias. 

A competição para entrar na escola de música do Takarazuka é muito dura.  Segundo o jornal, a média é de vinte candidatas para cada vaga.  São quarenta novas alunas todos os anos.  O Takarazuka foi criado em 1813 e o lema da escola é "Pureza, Honestidade e Beleza".

GOSTOU?

0 pessoas comentaram:

Related Posts with Thumbnails