domingo, 9 de maio de 2021

Sanditon volta para mais duas temporadas e sem o mocinho

Fiquei dois dias sem postar no Shoujo Café, porque estava entupida de trabalho, o meu trabalho formal, aquele que paga minhas contas.  Daí, gente me avisou que Sanditon terá uma segunda e terceira temporada.  Eu já tinha visto, mas não tive tempo de fazer posts nem ontem, nem anteontem.  Pois bem, para quem não sabe do que se trata, Sanditon é uma obra inacabada de Jane Austen com míseros 11 capítulos, que certamente seriam lapidados, e que a ITV decidiu transformar em série em 2019 com roteiro de Andrew Davies que nos deu coisas maravilhosas (*Orgulho & Preconceito, Emma, Wives and Daughters etc.*), mas anda metendo os pés pelas mãos ultimamente

Em Sanditon,  protagonista é uma jovem chamada Charlotte Heywood, pertencente ao grupo social de todas as mocinhas de Austen, a Gentry, mas empobrecida e membro de uma grande família.  Quando o casal Parker fica hospedado em sua casa por terem sofrido um acidente na estrada, ela recebe o convite para ir até Sanditon, um balneário terapêutico que deveria ser o mais brilhante empreendimento da Inglaterra.  Mr. Parker tem um irmão chamado Sidney que é descrito como fabuloso, mas que aparece somente nas ultimas páginas do manuscrito.

Mr. Parker tem duas irmãs solteironas e um irmão caçula, todos hipocondríacos e que veem em Sanditon um lugar de cura.  Lady Denham é a patrona do empreendimento e a mulher poderosa do lugar e há outras personagens no livro, uma delas, Miss Lambe, uma herdeira vinda das Índias Ocidentais e mestiça.  O potencial dessa personagem era imenso, mas Austen morreu e o livro ficou incompleto.  Ainda que mais de uma autora, porque foram mulheres em sua maioria, tenha terminado o livro, o original é só aquilo que Austen deixou, quem quer que cismasse de terminar a obra teria que desenvolver boa parte da história.

E veio a série e ela é tão cheia de problemas que eu não só consigo ver duas coisas de positivo nela.  A primeira é a relação entre Esther Denham (Charlotte Spencer), que é abusada por seu irmão, ou o que quer que ele seja, e Lord Babington (Mark Stanley), que se apaixona por ela e consegue, enfim, ajudar a moça a sair da relação tóxica com Sir Edward Denham (Jack Fox), a história deles teve princípio, meio e fim.  A outra coisa que se salva é o jovem aspirante à arquiteto, James Stringer (Leo Suter), que é o praticamente o único homem bonito do seriado que não apareceu pelado.  Só que Stringer é dispensado pela destemida mocinha descabelada (Rose Williams) que prefere o mocinho grosso e sempre com a barba por fazer.  

Eu realmente acho que essa série Sanditon é tudo, menos Austen, começando pelos diálogos, e Sidney Parker (Theo James) desse seriado nunca sairia da pena da autora.  E quando a série termina, mesmo com oito capítulos, nada está resolvido e era evidente que eles esperavam por uma segunda temporada, mas o sucesso na Inglaterra não foi o suficiente para que a cosia se efetivasse,  Aguardavam a recepção nos Estados Unidos.

Enfim, depois de muita pressão dos fãs, abaixo-assinados, campanhas, pedidos, teremos mais duas temporadas.  Sim, em cima de um material com ONZE CAPÍTULOS.  Davies não estará a frente do projeto, mas dará suporte para Justin Young, que assinou quatro capítulos da primeira temporada. Estavam todos os fãs da série comemorando esse feito, porque, sinceramente, é um feito, quando veio outra notícia, Theo James não retornará como Sidney Parker.  O que significa isso?  Os escritores da série terão que juntar a mocinha com Stringer, ou arrumar outro par romântico para ela.  Devo dar uma olhada, minha curiosidade mórbida vai me obrigar a isso, mas esperanças, não tenho.  Sanditon é ruim e dificilmente vai melhorar.

Eu falei muito da série no podcast Café com Jane Austen.  Os episódios estão disponíveis.  Os programas estão interrompidos desde o ano passado, acho que a pandemia acabou nos deixando tristes demais, mas ainda tenho esperança de retorno.  Se Sanditon vai voltar, porque não o Café com Jane Austen?

0 pessoas comentaram:

Related Posts with Thumbnails