domingo, 7 de agosto de 2016

Nova edição de Kara Yuki-san tem capa de Kyo Machiko

Kyo Machiko é uma artista com um traço muito delicado e seus mangás são muito elogiados no Japão, como Cocoon.  O Comic Natalie anunciou que a autora ilustrou a capa - não se se há outras ilustrações - a nova edição de um livro chamado Kara Yuki San Kaigai ~Dekasegi~ Josei No Kindai (からゆきさん 異国に売られた少女たち).  Nunca tinha ouvido falar desse livro, e isso nao é problema, mas o fenômeno que ele discute é bem importante e, ao que parece escondido.  Trata-se de uma coletânea de artigos e informações sobre as mulheres, a maioria muito jovens e pobres, vendidas à  prostituição para outros países asiáticos na viradas do século XIX para o XX.  É a mesma época em que os japoneses estavam vindo para o Brasil, por exemplo.

Jogando no Google, achei referência ao livro em outras obras, como Feminism in Modern Japan: Citizenship, Embodiment and SexualitySex in Japan's Globalization, 1870-1930: Prostitutes, Emigration and Nation-Building (Perspectives in Economic and Social History).  Em suma, o título é um jogo de palavras, "Kara" é  uma forma arcaica de se referir à China e "Yuki" também poderia significar "indo".  Daí, a idéia de mulheres que iam para o exterior, para fora do Japão.  O livro foi publicado pela primeira vez em 1980 e, ao que parece, teve muitas edições depois disso, apesar da vontade de alguns de não comentar o fenômeno.

GOSTOU?

0 pessoas comentaram:

Related Posts with Thumbnails