quarta-feira, 3 de maio de 2017

Está chegando o Festival do Japão de Brasília


O 6º Festival do Japão Brasília de Cultura, Entretenimento e Gastronomia acontecerá neste fim de semana.  Dias 5, 6 e 7 de maio no Expobrasília, no Parque da Cidade.  Chegar de carro é fácil (*ônibus?! Há!*) e há muito lugar para estacionar.  Como foi nos últimos anos, haverá cobrança de ingressos, mas é algo bem acessível: 

Inteira: R$ 20,00
Meia-entrada: R$ 10,00
Crianças até 5 anos não pagam
Pague meia-entrada trazendo 1 kg de alimento não perecível (exceto sal) 

Ano passado, comprei no site do evento e foi muito tranquilo mesmo.  Os horários são Dia 5 (Sexta-feira) de 12h às 22h; Dia 6 (Sábado) das 10h às 22h e Dia 7 (Domingo) das 10h às 18h.  É possível que eu só vá no domingo, ou apareça sozinha na sexta-feira. A cada ano o Festival cresce mais.  A primeira vez que fui, ainda grávida de Júlia, o evento era pequeno e no autódromo da cidade, de lá para cá, muita coisa mudou.  


E eu acredito que ainda há muito espaço para crescer.  Por exemplo, seria ótimo termos um concurso de cosplay, espaço e palco existe.  Ano passado havia dois palcos, um para as apresentações tradicionais e, outro, para o público otaku e jovem em geral. Sempre encontro alunos/as e ex-alunos/as por lá. O que eu não gosto do evento é do drift.  Todo ano tem e é um fedor de borracha queimada que impregna todo o espaço.  A página do festival é esta aqui.  Para a programação, clique direto neste link.

A seguir, posto a matéria do Baú de Comunicações, que o Michel Toronaga me enviou, fala do que haverá para o público otaku e o público mais jovem curtir no evento: 

Programação com música japonesa e diversão geek

A maior festa da cultura japonesa acontece de 5 a 7 de maio 
no Expobrasília, Parque da Cidade

 Não faltam atrações durante a 6ª edição do Festival do Japão, que acontece no Expobrasília – Parque da Cidade – de 5 (sexta-feira) a 7 (domingo) de maio. No espaço de cosplay, geek e nerd, a galera que gosta de se vestir de personagens de séries, desenhos e filmes vai marcar presença. Cosplayers famosos da cidade vão desfilar e interagir com todos. O público poderá também entrar na diversão e ir vestido como seu ídolo. Serão três dias de animação, com espaço para toda a família. Confira alguns dos destaques da programação:


 60 Minutos Escape Game
Serão cinco salas do 60 Minutos Escape Game para serem jogadas por equipes de quatro pessoas, durante 15 minutos. A edição especial homenageia a cultura japonesa, unindo cosplay e videogame. O 60 Minutos Escape Game traz a Brasília o primeiro jogo presencial no qual são necessários inteligência, trabalho em equipe e criatividade para desvendar uma série de enigmas a fim de escapar de uma sala temática em um tempo cronometrado. A equipe da 60 Minutos Escape Game desenha e projeta cada sala de forma única em diferentes gêneros como aventura, terror, suspense e investigativo, com diversos níveis de dificuldade, para todas as idades. Além de oferecer entretenimento, as salas são ambientes ideais para uma série de projetos educativos e corporativos, pois garantem integração e testam diversas habilidades.


No Band Girls
A idol music é uma vertente da música pop japonesa que arrasta legiões de fãs. O No Brand Girls (NBG) é um grupo cover cosplay das anime idols da franquia japonesa Love Live!, mundialmente conhecida desde 2010, possuindo diversas mídias disponíveis como animes, jogos e singles musicais. O NBG é composto por nove garotas de Brasília que fazem cosplay das personagens de Love Live!, dançando e interpretando as anime idols, sempre buscando proporcionar uma experiência extremamente fofa e mágica para toda a plateia.


RPG e batalhas medievais
O grupo Magos do Planalto estará no 6º Festival do Japão levando grandes aventuras de RPG (Role Playing Game) de mesa. O público está convidado para se sentar com os jogadores e interpretar persongens em mundos fantásticos, sempre enfrentando perigos inimagináveis. Outra opção para quem gosta de aventura é a Legião Teutônica. O grupo levará um estande de tiro com as armas Arco e Besta, além de arenas de simulação de combate medieval.



Shows musicais
A banda Skullzy fará shows com músicas que estão relacionadas com o público nerd e geek. O repertório inclui desde o tema da série Jiraya, até canções dos animes Pokémon, Death Note, Cavaleiros do Zodíaco e Dragon Ball. O set list também traz faixas de atrações ocidentais, como Caça-Fantasmas e Power Rangers. Quem também vai tocar músicas de animações japonesas é a Banda Lunia, grande conhecida nas convenções de animes da cidade. O grupo tocou recentemente no X1 Natsu - Encontro Geek & Cosplay.

Imersão nipônica    

Ao passar pelo Expobrasília, além de curtir os shows e saborear os tradicionais pratos da típica culinária japonesa, o público vai poder comprar artigos e peças no bazar , conferir exposições, show de drift, fazer oficinas,  jogar e entrar no mundo dos personagens na ala de cosplayers, geek e nerds.
Dentre as exposições de relíquias da cultura oriental, haverá mostras de cerâmica yakishi (técnica com mais de 2 mil anos de existência) , bonsai (árvores miniaturizadas), quimonos (trajes típicos de seda), shodô (caligrafia artística), sumi-ê (pintura monocromática com tinta a base de carvão e papel de arroz), além do artesanato local. Ainda,  a exposição Washoku  - Cozinha Japonesa chega com um acervo de 50 réplicas de pratos japoneses tradicionais.


Destaque ainda para exibições de artes marciais e para o show de drift que será comandado pelo piloto Hélio Fausto e sua equipe da BSB Drift.  A modalidade nasceu no Japão e se espalhou pelo mundo após sucesso do filme “Velozes e Furiosos – Desafio em Tóquio”.

O evento trará também workshops, onde o público vai ter a oportunidade  de aprender técnicas milenares de cerâmica, origami (técnicas de dobraduras em papel), kirigami (técnicas de recorte em papel), sumi-ê (técnica de pintura com tinta à base de carvão e papel de arroz) e shodô (caligrafia artística) . Novidade desta edição, o workshop de karaokê vai permitir ao visitante se arriscar a cantar músicas japonesas. Detalhes sobre as inscrições pelo e-mail: contato@festivaldojapaobsb.com.br

Quem quiser comprar artesanatos, plantas, flores ornamentais, roupas, souvenires e produtos naturais do Japão pode aproveitar os preços abaixo do mercado no bazar realizado com a participação de 100 estandes.

GOSTOU?

1 pessoas comentaram:

Valéria, ano passado teve concurso de cosplay, eu inclusive fiquei em segundo no desfile, hehehe! Foi organizado pela Central Cosplay, tinha até estúdio fotográfico, camarim exclusivo e impressão de fotos. Esse ano não vai ter mesmo, infelizmente.

O que me deixa desconfortável em usar cosplay no Festival do Japão é que o público que frequenta é muito mais amplo do que o público de eventos de anime e realmente não faz ideia do que é, então sempre recebo uns olhares estranhos, como se eu fosse uma doida ou criatura de outro planeta. Não é um público muito receptivo. Ainda mais esse ano, não tendo concurso ou outras atividades, não me sinto nem um pouco motivada a ir de cosplay. =(

Related Posts with Thumbnails