quinta-feira, 1 de março de 2018

Sai a condenação do autor de Rurouni Kenshin e ela é muito levinha


Em novembro passado, caiu uma bomba, Nobuhiro Watsuki, autor de Rurouni Kenshin (るろうに剣心), foi considerado culpado por possuir inúmeros  DVDs com aquilo que a legislação japonesa considera pornografia infantil.  Sim, tratava-se de material com meninas de verdade, as mais jovens deveriam ter 10 anos de idade, não material hentai, ou games, ou qualquer outra coisa que, por mais que muita gente torça o nariz, não envolve pessoas reais.  Agora, quem consome pornografia infantil patrocina a exploração de crianças.  Não há argumento aqui.  

Segundo o Manga Mag, o primeiro site que deu a notícia, a pena de Watsuki, cujo nome real é Nobuhiro Nishiawaki, foi anunciada por um tribunal de Tokyo na última terça-feira (*dia 27*) e é o pagamento de uma multa de 200 mil ienes, a bagatela de  R$5.171.  Somente isso e nada mais.  É por essas e outras que o Japão é criticado por possuir leis muito frouxas em relação à pedofilia.  O Manga Mag assinala que a legislação japonesa previa que a pena máxima poderia chegar à uma multa de 1 milhão de ienes e/ou um ano de cadeia.

Agora, resta somente saber como será o andamento da carreira do autor daqui para frente, se seu mangá atual, uma continuação de Kenshin, Rurouni Kenshin: Meiji Kenkaku Romantan: Hokkaidou Hen (るろうに剣心 -明治剣客浪漫譚- 北海道編), voltará a ser publicado na JUMP SQ, e qual a receptividade do público.  Minha aposta?  Talvez esperem a poeira assentar e ele retoma a carreira normalmente.   É eu não vou dizer que passei a desgostar de Kenshin, inclusive, uma das três figures que eu tenho é do protagonista da série.  O que questiono é a tolerância com a exploração sexual de crianças, especialmente, meninas, e como - salvo raras exceções - envolvimento em escândalos desse tipo, ou de assédio e/ou estupro de mulheres, acabem dando em quase nada para os infratores.

GOSTOU?

4 pessoas comentaram:

Admiro demais o trabalho do autor, Kenshin é um dos meus mangás favoritos, mas que decepção com o autor e com a lei japonesa. Nem a multa foi pesada! Triste ver o quanto um país tão avançado em alguns aspectos ainda falha na luta contra a pornografia infantil e pedofilia. Ele vai acabar repetindo o erro, já que nada demais aconteceu a ele. Triste.

Que é isso! Esse valor até eu, que sou um duro, conseguiria pagar! Para o Watsuki deve ser troco de pão...

Um milhão de ienes e/ou um ano de cadeia seria a pena máxima pra quem é pego consumindo material pornográfico infantil, ou pra quem é pedófilo mesmo? No sentido de ter tido relações sexuais com menores de idade, e não "só" possuir material pornográfico infantil.

Não sei, mas quem consome este tipo de material é pedófilo, também.

Related Posts with Thumbnails