sábado, 28 de abril de 2018

Jane Austen era espetacular, mas não era escritora de ficção científica, não!


Estava eu no Twitter e uma moça estava comentando a novela Orgulho & Paixão, aquela livremente baseada em livros de Jane Austen, e dizendo que o motoqueiro vermelho é coisa do livro Razão e Sensibilidade, lançado em 1811.  Ela estava explicando a coisa toda para um jornalista de TV que eu sigo.  Bem, bem, como o livro se passa no início do século XIX, imagino que Jane Austen deva ter sido autora de ficção científica, afinal, as primeira motocicletas só apareceram depois de 1860, e que foi ela quem criou personagens com identidade secreta, aquela que se finge de inofensivo e é um justiceiro nas horas vagas. [Suspiro] Pelo menos foi outra mulher a tirar a primazia da Baronesa Orczy. Antes de Scarlet Pimpernel, havia o Motoqueiro Vermelho de Jane Austen.

Fiquei triste...
Putz, o Alan Rickman iria ficar um charme de motoqueiro vermelho. Por que cortaram do filme? POR QUE????  (*Eu precisava comentar isso.  PRECISAVA!*)


Não estou julgando o autor da novela, mas você que
fica repetindo que Jane Austen está se
revirando no túmulo, eu julgo, sim.
E para quem não entendeu, esse post não é crítica à novela.  Ela é divertida, ela é LIVREMENTE baseada em livros de Jane Austen e, até o momento, está funcionando muito bem.  O objetivo é rir das atrocidades que eu leio por aí e só.

GOSTOU?

6 pessoas comentaram:

Oi Valéria,estou amando a novela, e quero saber o que você tem achado da atuação do malvino?

Desculpe, mas um motoqueiro justiceiro qualquer não tem nada de ficção científica...

Thaty, por favor, me mostre uma fonte que comprove que entre 1800-1810 havia motocicletas. Se você me passar a fonte, eu apago o post, porque, bem, para Austen ter colocado o motoqueiro vermelho no seu livro publicado em 1811 sem que houvesse motocicletas, ela teria que ser escritora de ficção científica, sim. No mais, imagino que você saiba que o tal motoqueiro é invenção da novela. simples assim. O post é uma piada.

Valéria vejo a novela pensando o tempo todo que ela é livremente inspirada. Senão eu não conseguiria assistir. Como você disse é divertida, mas não esperemos a genialidade de Austen retratada nela.

Li o livro duas vezes e posso dizer que não existem motoqueiros, motos ou justiceiros no livro Razão e Sensibilidade.

Sueli, tenha certeza que a autora do texto tem certeza disso. Aliás, o texto é sobre isso.

Related Posts with Thumbnails