quinta-feira, 7 de dezembro de 2023

Mermaid Melody Pichi Pichi Pitch é o novo shoujo da Panini

Em um movimento que me surpreendeu (*e não foi positivamente*), a Panini anunciou Mermaid Melody Pichi Pichi Pitch  (マーメイドメロディーぴちぴちピッチ), de Michiko Yokote (roteiro) e Pink Hanamori (arte), na CCXP.  A série tem 7 volumes e foi publicada na revista Nakayoshi entre 2002 e 2005.  Mermaid Pichi Pichi teve duas temporadas animadas que juntas somaram 91 episódios e nunca foram exibidas no Brasil, nem lançadas em home vídeo.  O ponto de partida do mangá é o seguinte:

Lúcia é a nova aluna da escola. Ela e a irmã administram um banho público muito popular. Quando Lúcia conhece um surfista de aparência incrível, há apenas um pequeno problema: Lúcia é uma sereia - não qualquer sereia, mas uma princesa em uma importante missão para salvar os sete mares de uma força maligna decidida a assumir o controle do mundo marinho. Tal responsabilidade não deixa muito tempo para o romance. Mas Lucia promete proteger seu mundo e conquistar o coração do belo Kaito.

Trata-se de uma série de garota mágica (mahou shoujo) feita na onda de Sailor Moon (美少女戦士セーラームーン).  Lucia irá ter uma equipe de companheiras, essa é a novidade lançada por Naoko Takeuchi em seu grande trabalho, mas, como na boa tradição das garotas mágicas desde os anos 1960, a protagonista é uma princesa que está em nosso mundo com uma missão.  Mermaid Melody Pichi Pichi Pitch tem seu fandom e, em 2021, começou na mesma Nakayoshi uma continuação com a filha da protagonista chamada Mermaid Melody Pichi Pichi Pitch aqua (マーメイドメロディー 『ぴちぴちピッチaqua』).  O mangá original foi relançado em 2022, aniversário dos vinte anos da série, com novos extras, mas sem os gaiden da primeira edição.  Imagino que seja esta a versão que a Panini deve lançar por aqui.  

Há quem esteja contando que o movimento da Panini, que poderia ter anunciado o novo mangá de Io Sakisaka, ou a nova versão de Mars (マース) publicada pela editora na Europa, é contando com um novo anime da série, seja um remake do original ou uma versão da sua continuação.  Eu creio que se Mermaid Pichi Pichi tiver novo anime será somente para os 20 anos da série de TV, ou seja, em 2025, se for o da série nova, ele pode vir antes. 

 

Esta imagem é um fanart e veio daqui.

Bem, não me interessei pela série quando ela foi lançada lá atrás.  Não vi nada de especial em Mermaid Pichi Pichi que me puxasse para a leitura do mangá ou para o anime.  Talvez, compre o primeiro volume para que minha filha, que tem 10 anos, público alvo original do produto, possa dar uma olhada, mas eu duvido que ela se interesse de verdade.  Vamos esperar para ver.  

Uma coisa é Sailor Moon, um fenômeno cultural, outra coisa é apostar em derivados de segunda linha, mas é uma escolha da Panini, espero que a série encontre seu público, seja o novo, seja o de saudosistas.  De minha parte, a Panini foi a editora que menos se empenhou nos lançamentos de shoujo e josei este ano.  A JBC e a Newpop tem oferecido muito mais.

5 pessoas comentaram:

Anúncio estranho mesmo. O fandom brasileiro dessa série não era assim considerável nem nos anos 2000 (o anime não ter passado aqui contribui), quanto menos agora, então o apelo nostágico parece bem incerto. Se a ideia é atrair público infantil acho ótimo. Mas como pouco vejo essas editoras de mangá aqui realmente fazendo um esforço pra fazer suas séries alcançarem públicos novos... também acho difícil. Enfim, esquisito.

Cara WTF TIPO..mermaid melody? Eu vi esse anime dublado em portugues mais e so uma sereia que canta..duh e vo comprar o manga pra dar uma olhada mais panini..nao dava pra fazer nada mais interessante nao? Como relançar peach girl trazer haruhi suzumiya ou kodocha Ou ate WENDDING PEACH pro brasil?

É o tipo de obra que atualmente nem as scans não se interessam. Até posterguei conclui o anime e ler o mangá pela falta de tradução no nosso idioma.

De 2021 pra cá tivemos várias novidades de Mermaid Melody como essa edição em 3 volumes que já saiu em vários paises fazendo sucesso, mas considerando o desinteresse da panini com shoujo é de estranhar. Próximo ano marca 20 anos do fim do anime e os 70 anos da Nakayoshi ou seja, se for pra ter anime no minimo em 2024 deveria sair o anúncio.

Sem anime parece arriscado (Tokyo Mew Mew/As Super Gatinhas não deu certo aqui), esperava algo mais atual como Yamada-kun to Lv999 no Koi wo Suru, mas só o fato de terem trazido uma obra que jamais veria o final no meu idioma por outro meio eu já fico mais do que feliz.

Eu so achei meio bizarro mais neh o que fazer??

Acho estranho terem feito esse lançamento de uma hora pra outra. A série nem é conhecida por aqui. O que é ainda mais estranho, já que parece que esse anime é mundialmente famoso, parece que ele só não foi exibido no Brasil. Vai entender??:? Os poucos brasileiros que se interessam é pela semelhança estética que a série tem com Sailor Moon (já que é só estética mesmo, a história não tem absolutamente NADA a ver kkk). Se a tentativa era tentar atrair o público infantil acho que foi uma bela duma bola fora, pq esse anime tem uma carga dramática enorme, não é um anime infantil, a estética simples e bonitinha engana num primeiro momento, mas é uma série mais voltada pro público mais jovem.

Outra coisa que eu acho estranho que é eu nunca li o mangá, mas o anime pelo menos era todo musical, a graça do negócio tava na trilha sonora e principalmente nas canções de combate das sereias. Agora imagina essas cenas num mangá??? A gente fica imaginando onde que aumenta o volume. kkkk

Related Posts with Thumbnails