domingo, 12 de fevereiro de 2017

La La Land leva o Bafta


Este ano estou mais empolgada para o Oscar, então, que tal comentar mais uma premiação?  Enfim, hoje aconteceu o 70º Bafta (British Academy Film Awards), a premiação britânica para os melhores do cinema.  Como todo mundo fala inglês, os filmes do Oscar normalmente competem lá.  Quem foram os principais premiados?
  • Melhor Filme: La La Land
  • Melhor Diretor: Damien Chazelle (La La Land)
  • Melhor Atriz: Emma Stone
  • Melhor Ator: Casey Affleck
  • Melhor Atriz Coadjuvante: Viola Davis
  • Melhor Ator Coadjuvante: Dev Patel
  • Melhor Roteiro: Kenneth Lonergan – Manchester by the Sea
  • Melhor Roteiro Adaptado: Luke Davies – Lion
  • Melhor Documentário: 13ª Emenda – Ava DuVernay
  • Melhor Filme Britânico: I, Daniel Blake – Ken Loach, Rebecca O'Brien e Paul Laverty

Eu não fiz minhas apostas para o Oscar, mas acredito que algumas coisas se repitam, melhor diretor e atriz coadjuvante, por exemplo, talvez, melhor documentário.  Hidden Figures não tinha indicações no Bafta.  Denzel Washington e Mahershala Ali não estavam indicados.  Enfim, não acredito que o Oscar premie Casey Affleck, ia ser uma chiadeira muito grande.  Não sei se premiará o Dev Patel, o povo do Bafta gostou de Lion.   Emma Stone pode até ganhar, mas eu não gostaria.  Ela é boa, mas precisa amadurecer ainda e há gente na fila, como Amy Adams.  Ela merece mais.  Há outras categorias no Bafta, basta clicar no link e conferir.


GOSTOU?

3 pessoas comentaram:

Estou inconformado pela Amy Adams ter sido esnobada pelo Oscar, ela estava incrível em A Chegada.

O Oscar de melhor filme deveria ir para A Chegada. Esse filme é espetacular. Nível Cisne Negro e Mad Max - Fury Road (apesar dos três não terem nada em comum além de serem excelentes filmes). Mas o Pablo deu a mesma nota para Moonlight e eu confio nele, então acredito que esse filme mereça também, mesmo não tendo visto. Agora La La Land, gente? Mas é o que vai levar, fazer o quê...

Agora a Amy Adams não ser indicada foi um absurdo. Ela é a alma do filme. É uma interpretação sutil, cheia de nuances e que precisou lidar com uma situação bem complicada na hora de construir a personagem (não vou contar porque é um grande spoiler; vejam o filme). Fiquei muito decepcionado. Principalmente porque era o ano dela, já que Animais Noturnos também é um filme muito bom (ainda que eu prefira A Single Man do mesmo direitor).

Só espero que a Viola Davis vença por melhor atriz coadjuvante. Eu tinha largado How to Get Away with Murder, mas semana passada acabei vendo a segunda temporada. Essa mulher precisa de um Oscar na estante, assim como a Amy Adams.

Esqueci de falar. Em 2015 recomendei aqui um filme dinamarquês que vi na Mostra de São Paulo. É justo esse filme que está concorrendo na categoria de melhor filme estrangeiro. Continuo recomendando. O torrent é fácil de conseguir agora. Tentei achar várias vezes e não conseguia, agora apareceram vários (um dos benefícios do Oscar). Enfim, chama Under Sandet (Land of Mine, no título internacional).

Related Posts with Thumbnails